Plano estratégico dos 500 anos de São Vicente terá parceria do MBC

Ativo 1 18 janeiro, 2023

São Vicente entrou na contagem regressiva para o aniversário de 491 anos, comemorado em 22 de janeiro. Mas o município paulista já olha para o futuro e se prepara para se tornar o primeiro no Brasil a atingir a histórica marca de 500 anos. Por esse motivo, essa terça, 17, foi marcada pelo pré-lançamento oficial do Plano São Vicente dos 500 Anos, reunindo poder público e privado, que, ao longo dos próximos anos, trabalharão juntos para o desenvolvimento da cidade a médio e longo prazo.

Realizado no Baía de São Vicente Iate Club, o evento marcou a consolidação do projeto, que, agora, conta com o capital necessário para que as instituições envolvidas possam apoiar e formar uma rede de governança multi-institucional em prol do município. A cerimônia contou com a presença do prefeito Kayo Amado, representantes das instituições parceiras, Movimento Brasil Competitivo (MBC) e Macroplan, e demais autoridades do município e da região.

A elaboração do plano terá início em fevereiro, com apresentação em janeiro de 2024, sob a coordenação da Secretaria de Planejamento e Governança (Seplag) junto às equipes do MBC e Macroplan, empresa com experiência de mais de 30 anos em cenários prospectivos.

Em seu discurso, o prefeito Kayo Amado salientou a importância do olhar para o futuro. “Se não pensarmos dois passos à frente, nunca conseguiremos trazer desenvolvimento para cá. São Vicente quer estar em outro patamar em 2032 (ano em que completa 500 anos). Para isso, precisamos planejar desde já. Muita gente pode achar que é loucura. Loucura, na verdade, é querermos algum resultado fazendo exatamente as mesmas coisas do dia a dia”.

Amado também destacou o papel do empresariado na construção de uma nova São Vicente. “Se não usarmos essa marca de sermos o primeiro município do Brasil a completar 500 anos, talvez não consigamos atrair olhares. Com o imenso potencial turístico que a cidade tem, em razão das riquezas naturais, buscamos atrair os olhares. É fazer com que o setor privado esteja interessado a atrelar seu nome a um município histórico”.

A secretária de Planejamento e Governança, Talita Correa, frisa que, embora São Vicente seja uma das 20 maiores cidades do estado de São Paulo, os índices não são compatíveis com o porte de uma população de mais de 370 mil habitantes, sobretudo por se tratar de um município rico em atrações turísticas. “Planejamento para cidade que almejamos compreende um período de médio e longo prazo, e exige uma metodologia sistêmica para que tenha resultado. Hoje é o pontapé inicial rumo aos 500 anos”, pontuou.

“Há 20 anos, nos mobilizamos para desenvolver o Brasil, junto às iniciativas público e privada. Aqui, em São Vicente, apostamos em um planejamento estruturado, para desenvolver a cidade, com estratégias baseadas em nosso modelo de governança, para deixarmos um resultado perene e um legado positivo à sociedade”, ressalta Romeu Luiz Neto, diretor executivo do MBC.

Ao longo de 21 anos, o MBC investiu R$ 500 milhões em 85 projetos em mais de 50 governos estaduais, prefeituras, ministérios, autarquias, poderes Legislativo e Judiciário. Além disso, o MBC tem atuado de forma decisiva em ações fundamentais para manter o Brasil entre as maiores economias do mundo.

O representante do Marcoplan, Marcelo Asquino, ressalta a importância do olhar para o futuro e a busca pela modernização. Para ele, o desenvolvimento é fruto do planejamento a longo prazo.

O Plano São Vicente dos 500 anos conta com o patrocínio do Grupo Mendes, Consigaz, MacTerra e TKM Engenharia e Construções, tem como apoiadores institucionais o Centro Cultural Português, Lide Litoral Paulista e Baía de São Vicente Iate Clube.

Empresários que se interessem em participar junto ao desenvolvimento da cidade ainda podem manifestar interesse através do e-mail seplan.saovicente@gmail.com.

Fonte: Prefeitura Municipal de São Vicente