Programa de Formação Aplicada dos Servidores da Anvisa

Ativo 1 junho, 2019

Pela primeira vez na sua história, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) levou seus colaboradores para uma experiência in loco no chamado “chão de fábrica”, conhecendo o processo de produção dos produtos que são analisados. A iniciativa foi uma parceria com o MBC, de 2014 a 2016. A metodologia do programa buscou estimular o pensamento crítico sobre os processos de trabalho.

O programa contou com uma perspectiva econômica que viabilizou a percepção dos processos e discutiu os impactos regulatórios nos processos produtivos, no mercado industrial e na economia nacional, de forma mais ampla e interconectada com outras políticas setoriais do governo.

Com o curso, o MBC e a Anvisa desenvolveram competências para aprimorar a capacidade dos servidores de analisar os impactos das ações regulatórias nos setores de alimentos, de equipamentos médicos e medicamentos.

O MBC promoveu debates sobre a competitividade brasileira, impactos da regulação e governança regulatória no país. Além disso, foram feitas propostas de melhorias internas nos processos da Anvisa, incluindo uma maior interação entre setor público e privado baseada em transparência e diálogo.

Participaram do programa especialistas e técnicos, em regulação e vigilância sanitária, além de analistas administrativos. Em 2016, cerca de 100 servidores visitaram 21 fábricas dos setores de alimentos, equipamentos médicos e medicamentos. Foram construídas ainda 10 propostas com objetivo de melhorar a eficiência do órgão.

Acesse os relatórios abaixo:

Relatório Programa de Formação Aplicada dos servidores da Anvisa 2014

Relatório Programa de Formação Aplicada dos servidores da Anvisa 2015

Relatório Programa de Formação Aplicada dos Servidores da Anvisa 2016

Inscreva-se na nossa newsletter!

Receba o Acontece no MBC, news mensal que reúne nossas ações e projetos para a melhoria do Brasil

Newsletter (Popup)