Programa de Formação Aplicada

Formar servidores públicos para atuar na regulação e estimular a atividade produtiva

O Movimento Brasil Competitivo (MBC) promove ciclo de capacitação de servidores públicos para o exercício de qualquer atividade relevante para o país.

A metodologia

Inclui troca de experiência com o setor privado, estimula o pensamento crítico sobre os processos de trabalho e sua conexão com a economia nacional. Entendemos que o amplo conhecimento do servidor público sobre o setor produtivo, o mercado industrial e os programas setoriais do governo amplia a sua capacidade de apontar as ações mais eficazes e mais equilibradas para garantir o interesse público, a maior qualidade dos serviços oferecidos à população, e o desenvolvimento do país.

Para saber como o MBC atua, conheça o exemplo do Programa de Formação Aplicada dos Servidores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Programa de Formação Aplicada dos Servidores da Anvisa

O MBC desenvolveu um curso de capacitação para os novos servidores da Anvisa, aprovados no concurso de 2013, que incluiu uma profunda e completa base de saúde pública, uma visão complementar do mercado industrial brasileiro e da intersetorialidade da vigilância sanitária.
O programa contou com uma perspectiva econômica que viabilizasse a percepção e discutisse os imapctos regulatórios nos processos produtivos, no mercado industrial e na economia nacional, de forma mais ampla e interconectada com as demais políticas setoriais do governo.
Com o curso, o MBC e a Anvisa desenvolveram competências para aprimorar a capacidade dos servidores de analisar os impactos das ações regulatórias nos setores de alimentos, de equipamentos médicos e medicamentos.
Participaram do programa especialistas e técnicos, em regulação e vigilância sanitária, além de analistas administrativos.

Em 2015, 112 servidores visitaram 27 fábricas de três setores industriais regulados em três unidades da federação e contruíram 19 propostas de melhorias. Veja abaixo os relatórios sobre a experiência.

Áreas de Atuação

  • Debates sobre a competitividade brasileira, impactos da regulação, governança regulatória no país.
  • Conhecimento e discussão sobre imapctos da atuação regulatória da Anvisa na atividade produtiva e no esforço de inovação durante visitas às indústrias de setores regulados.
  • Propostas de melhorias internas nos processos da Anvisa.
  • Interação entre o setor público e privado baseada em transparência e diálogo.