Prefeitura de Iracemápolis faz nova avaliação da solução de Eficiência de Gastos – MBC

Prefeitura de Iracemápolis faz nova avaliação da solução de Eficiência de Gastos

Ativo 1 12 junho, 2018

A prefeitura de Iracemápolis (SP) conseguiu ultrapassar R$ 1 milhão de economia desde o início da aplicação da solução Eficiência do Gasto do programa Mais Gestão, desenvolvido no município em parceria com o MBC. O destaque do mês de maio foi a reorganização de processos das áreas de medicamentos e merenda escolar, que reduziu o desperdício e representou uma economia de cerca de R$ 300 mil.  O Mais Gestão também aumentou a eficiência no sistema de telefonia, internet, energia elétrica e transportes.

“A situação atual comparada com a anterior é completamente diferente. Olhando para trás, é possível perceber o quanto avançamos em tão pouco tempo. Problemas sempre vão existir, mas agora sabemos como agir para resolver praticamente todos”, avalia o prefeito.

Dentre as ações destacadas até o momento estão a troca do sistema de telefonia e internet por pacotes com maior velocidade e benefícios, o novo sistema de GPS em carros oficiais, ônibus escolares, o controle de desperdício e a qualidade das merendas das escolas públicas.

Um exemplo é o sistema de telefonia do município que foi trocado no mês de março por um sistema mais eficiente e mais barato. O valor dos gastos totais com telefone, que inclui assinatura, ligações e uso, no mês de abril custou R$ 4 mil a menos do que apenas a assinatura do pacote anterior. Os sistemas de posicionamento global (GPS) foram instalados nos carros oficiais e ônibus escolares, auxiliando na segurança e na redução de multas.

O controle de qualidade e de desperdício das merendas escolares também segue avançando em Iracemápolis. A prefeitura realizou um estudo para identificar qual escola gasta mais entre as unidades da rede. Com ele foi possível perceber que a escola mais eficiente do município também é a que menos desperdiça.

Um dos destaques do mês colocado na reunião foi a atitude de servidores e gestores, que já estão entendendo os pacotes e tomando iniciativas para melhoria de eficiência e gestão. Nesse sentido, a servidora pública Andresa Raetano, da área de contabilidade do município e líder do pacote de energia elétrica, se destaca. Em iniciativa proativa, ela fez uma investigação, identificou todas as unidades de ar condicionado no paço municipal e fez uma conta de qual seria a economia de energia caso os aparelhos fossem trocados por novos. A intenção é que isso seja aplicado no prédio da prefeitura e depois expandido para todos os prédios públicos do município.

Assessoria de Comunicação Social do MBC