Novo ciclo de mudanças precisa ser iniciado para retomada do crescimento

Ativo 1 22 agosto, 2019

Representantes dos setores público e privado defenderam nesta quinta-feira, 22, em São Paulo, ações mais rápidas para o impulso de uma nova economia. A discussão aconteceu durante o Congresso Brasil Competitivo 2019, realizado em São Paulo, pelo Movimento Brasil Competitivo.  Reforma tributária, investimento em infraestrutura, eficiência na gestão, digitalização da economia e combate ao analfabetismo funcional foram alguns dos temas destacados como desafiadores.

O presidente do Conselho Superior do MBC, Jorge Gerdau, trouxe para o debate o problema do Custo Brasil e o peso que ele representa para o setor produtivo. “A cumulatividade tributária se aproxima de 10%, isso representa não só uma dificuldade para exportação, mas também para todas as cadeias produtivas, refletindo na competitividade nacional. Isso, nos próximos meses, exigirá nossa atenção durante a discussão da reforma tributária”, disse. Para combater o problema, o Ministério da Economia e o MBC assinaram um acordo de cooperação, a organização irá dar apoio técnico na estruturação de um programa de melhoria contínua para reduzir o Custo Brasil.

Durante a abertura do evento, o secretário de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação do Ministério da Economia, Caio Megale, comentou a importância da parceria. “Estamos muito felizes e empolgados com o projeto do Custo Brasil. Esse tipo de ação vai ser fundamental para que o uso da nossa energia seja maximizado. Para colocar de pé esse projeto, nós tivemos que pensar em medidas com factibilidade e impacto”, conta Megale sobre o projeto.

A diretora executiva do MBC, Tatiana Ribeiro, diz que a organização se coloca como uma grande arena de discussão e debate entre os setores públicos e privados. “Precisamos construir consensos e criar um ambiente de negócios melhor”, disse.

O encontro teve ainda três painéis sobre infraestrutura, agenda para o futuro e ambiente de negócios. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, fez a palestra de encerramento do encontro abordando o andamento das reformas, a pauta legislativa e quais os desafios nacionais para retomada do crescimento e da competitividade nacional.

Leia também Maia critica posicionamento do STF sobre Lei de Responsabilidade Fiscal

Assessoria de Comunicação Social do MBC