Livro sobre finanças públicas ganha prêmio Jabuti de economia

Ativo 1 13 novembro, 2017

O livro Finanças Públicas: Da contabilidade criativa ao resgate da credibilidade, organizado pelo servidor Felipe Salto e por Mansueto Almeida, do Ministério da Fazenda, venceu o Prêmio Jabuti de Economia, um dos mais importantes no meio editorial do país. Publicada pela Editora Record, a obra traz análises sobre as contas públicas brasileiras desenvolvidas por diversos especialistas da área.

Felipe Salto é diretor-executivo da Instituição Fiscal Independente (IFI) e está no Senado desde 2015, tendo trabalhado com os senadores José Serra e José Aníbal. “Foi uma surpresa, mas ficamos muito felizes desde que saiu a lista com os dez classificados em outubro e, no fim do mês, os três primeiros colocados. O prêmio é uma honraria muito grande e a divido com esta Casa. Destaco a importância do Senado Federal na nossa conquista do Prêmio Jabuti de Economia”, disse.

Obra

Salto disse que o principal objetivo do livro é mostrar a importância da responsabilidade fiscal no processo de retomada do crescimento econômico. Cada capítulo traz diagnósticos e propostas para temas específicos: federalismo fiscal; relacionamento entre Tesouro e Banco Central; instituições fiscais; política de pessoal; e a questão orçamentária, entre outros. O servidor diz que a responsabilidade fiscal é a chave para o país voltar a crescer e promover políticas públicas eficazes. “O livro ajuda a fazer um debate mais qualificado. Tem artigos técnicos, mais complexos, mas também outros mais palatáveis ao público leigo. Cada capítulo faz um diagnóstico e apresenta uma proposta, apontando caminhos para a retomada do equilíbrio fiscal”, explicou o autor.

Marcos Mendes, consultor do Senado, também colaborou com a obra. Ele escreveu dois capítulos: A política de pessoal do governo federal e os conflitos federativos na democracia brasileira.

Agência Senado