Investimento em tecnologia é essencial para ambiente de negócios

Ativo 1 26 agosto, 2019

“Estamos chegando no limite da capacidade de aguentar os entraves da burocracia do país“, disse o secretário do Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação do Ministério da EconomiaCaio Megalesobre o ambiente de negócio brasileiro, durante o Congresso Brasil Competitivo, realizado na quinta-feira, 29, em São Paulo.  

Segundo o secretário, independente da reforma tributária, o executivo federal está realizando ações com os governos estaduais para desburocratizar o ICMS. “No Brasil, muitas coisas funcionam muito mal, mas existem experiências de muito sucesso. Como Fortaleza no licenciamento de obras e construção. Algumas cidades do interior do Paraná vão na mesma linha. Temos que disseminar esses bons exemplos“, afirmou. 

A ideia do governo federal é criar benchmarks. O setor privado tem que fazer pressão nesse sentido. Essa é a estratégia e como estão todos muito cansados das amarras, essas agendas de desburocratização vão dar certo“, defendeu Megale. 

Já a presidente da SAP Brasil, Cristina Palmakadefendeu o investimento em economia digital. Queremos ver o Brasil voltar a crescer e a tecnologia é fundamental. Precisamos ter ambientes de negócios favoráveis. Existe capital intelectual incrível no Brasil, existem startups referência e clientes fantásticos que nós temos“, avaliou 

Por outro lado, Cristina revelou que quando o Brasil é comparado com o resto do mundo ainda está muito atrás, principalmente quando se observa a agenda de governo. Precisamos ter um governo que nos ajude nessa jornada“, afirmou.  

Temos a sorte de ter um Congresso que está pautando os assuntos essenciais para o desenvolvimento da economia“, avaliou p presidente do BTG Pactual, Roberto Sallouti. Para ele, é importante que o Legislativo trate de temas fiscais 

Assessoria de Comunicação Social