Movimento Brasil Competitivo



Diminuir Texto
Aumentar Texto
Glossário
Relatório Focus
Resumo Semanal
27 a 31/03/17

Crescimento

  • Após leve queda nas expectativas da última semana, crescimento do PIB esperado para este ano segue constante em 0,47%;
  • Estabilidade também nas projeções para o PIB no próximo ano, que cresceria 2,50%;
  • Queda no otimismo em relação à indústria leva a redução nos indicadores esperados. O crescimento da produção industrial neste ano foi reajustado de 1,22% para 1,20%. Para o próximo ano, crescimento também sofre corte, de 2,10% para 2,06%.

 

Inflação

  • Nova redução nas expectativas de inflação para este ano. Mercado altera IPCA esperado, de 4,12% para 4,10%;
  • Projeção para inflação no próximo ano permanece constante em 4,50%.

 

Taxa de Câmbio e Taxa de Juros

  • Cai pela terceira semana a projeção para a taxa de câmbio neste ano, de R$/US$ 3,28 para R$/US$ 3,25;
  • Segue estável a taxa de câmbio esperada para o próximo ano em R$/US$ 3,40;
  • Taxa Selic esperada para este ano é menor, passando de 9,00% para 8,75%;
  • Para 2018, Taxa Selic projetada segue em 8,50%.

 

Notícias do Mercado

  • Segundo o Banco Central, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central – IBC-Br – registrou queda de 0,26% entre dezembro do ano passado e janeiro deste, já descontada a sazonalidade.  O resultado ocorreu diante do desempenho negativo da indústria, do comércio e, principalmente, do setor de serviços. Na comparação com o IBC-Br de janeiro de 2016, a queda foi de 0,79%, fazendo com que o indicador acumule retração de 3,99% nos últimos doze meses;
  • A receita real do setor de serviços caiu 2,2% em janeiro de 2017, quando comparada com o mês anterior, segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) divulgada pelo IBGE. Quatro dos cinco segmentos recuaram na margem, com destaque para serviços profissionais, administrativos e complementares (-14,5%). Dentre as categorias que entram no cômputo do PIB, houve resultado negativo de transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio (-0,7%) e de outros serviços (-3,0%). Em contrapartida, serviços de informação e comunicação subiram (5,5%). Na comparação com janeiro do ano passado, a receita total de serviços caiu 7,3%, acumulando contração de 5,2% nos últimos doze meses;
  • Segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada pelo IBGE, as vendas reais do varejo caíram 0,7% na passagem de dezembro do ano passado para janeiro deste ano, já descontada a sazonalidade. Na comparação com o mesmo período do ano passado, as vendas recuaram 7,0%. A queda acumulada nos últimos doze meses é de 5,9%. Seis dos oito setores que participam da pesquisa apresentaram resultado negativo. Já a receita nominal mostrou queda de 0,8% na margem, bastante próxima da queda em termos reais. O volume de vendas do comércio varejista ampliado, por sua vez, que também contempla os segmentos de veículos e materiais de construção, registrou queda de 0,2% na margem. 
 
Voltar
{Ir para o topo}



MBC

Setor Comercial Norte, Quadra 1, Bloco C
Sala 1708, Ed. Brasília Trade Center
CEP 70.711-902 - Brasília, DF
55 61 3329 2101 | 55 61 3329 2102
mbc@mbc.org.br

© 2014 Movimento Brasil Competitivo. Todos os direitos reservados.