Movimento Brasil Competitivo



Diminuir Texto
Aumentar Texto
Glossário
Relatório Focus
Resumo Semanal
08 a 12/05/17

Crescimento

  • Sobe novamente o resultado esperado para o PIB neste ano, de 0,47% de crescimento, para 0,50%;
  • Projeção para o PIB no próximo ano segue constante: crescimento de 2,50%;
  • Após algumas semanas em alta, o resultado da produção industrial esperado para este ano é de 1,25%, contra 1,49% na última semana;
  • Para 2018, resultado esperado para a indústria segue constante em 2,50%.

 

Inflação

  • Nova queda na projeção para inflação nesse ano, pela décima semana consecutiva. O índice esperado passou de 4,01% para 3,93%;
  • Após leve reajuste para cima na última semana, expectativas para inflação neste ano nas expectativas para inflação no próximo ano, de 4,39% para 4,36%.

 

Taxa de Câmbio e Taxa de Juros

  • Sobe a taxa de câmbio esperada ao fim deste ano, de R$/US$ 3,23 para R$/US$ 3,25;
  • A taxa de câmbio esperada para o próximo ano, por sua vez, é menor do que na última semana. Projeção vai de R$/US$ 3,40 para R$/US$ 3,36;
  • Taxa Selic projetada pelo mercado para o fim deste ano e do próximo segue constante em 8,50%.

 

Notícias do Mercado

  • O setor de serviços teve queda de 2,3% em março, na comparação com o mês anterior e já com ajustes sazonais, segundo  a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É a pior queda registrada pelo setor desde o início da série, em 2012. O crescimento registrado em fevereiro ante o mês anterior foi de 0,4% (dado revisado de alta de 0,7%). A queda registrada nos últimos 12 meses passou para 5%, e a retração acumulada no primeiro trimestre do ano foi de 4,6% no primeiro trimestre. Em relação a março de 2016, a queda registrada foi de 5% no volume de serviços prestados. O volume de serviços prestados recuou em 13 das 27 unidades da federação na passagem de fevereiro para março. No mês, a alta mais forte foi registrada em Tocantins, de 24,9%; o pior resultado ocorreu em Roraima, que apresentou queda de 4,2%; 
  • A receita nominal do setor de serviços caiu 1% em março, em comparação com fevereiro, feito o ajuste sazonal. Em comparação com março de 216, no entanto, o resultado é um avanço de 1%. Nos 12 meses até março, o indicador subiu 0,1% e, no primeiro trimestre, acumulou elevação de 1,1%;
  • A economia brasileira apresentou resultado positivo no primeiro trimestre do ano, após um longo período recessivo, conforme dados do Banco Central. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), espécie de referência para o Produto Interno Bruto (PIB), apresentou crescimento de 1,12% no trimestre de janeiro a março, em relação aos três últimos meses de 2016, já considerando dados dessazonalizados. Em março, entretanto, o índice teve queda de 0,44% ante fevereiro.   
 
Voltar
{Ir para o topo}



MBC

Setor Comercial Norte, Quadra 1, Bloco C
Sala 1708, Ed. Brasília Trade Center
CEP 70.711-902 - Brasília, DF
55 61 3329 2101 | 55 61 3329 2102
mbc@mbc.org.br

© 2014 Movimento Brasil Competitivo. Todos os direitos reservados.